sábado, 25 de junho de 2011

COMENTE A IMPORTÂNCIA PARA GESTÃO PÚBLICA DE SE UTILIZAR INDICADORES SOCIOECONÔMICOS PARA A ELABORAÇÃO DE PLANOS E PROJETOS PÚBLICOS.


                                                                                               REDAÇÃO APRESENTADA  À  DISCIPLINA DE INDICADORES SOCIOECONÔMICO NA GESTÃO PÚBLICA PARA OBTENÇÃO DE NOTAS. *PEDRO ALMEIDA FILHO.

COMENTE A IMPORTÂNCIA PARA GESTÃO PÚBLICA DE SE UTILIZAR INDICADORES SOCIOECONÔMICOS PARA A ELABORAÇÃO DE PLANOS E PROJETOS PÚBLICOS.

Falar da importância da gestão pública de se utilizar indicadores socioeconômicos nas elaborações de projetos é antes de tudo, é procurar métodos eficazes e estratégicos de cara teres governamentais na arte de se construir e ampliar situações problemas a que certamente nos envolvem tais como: - Educação, habitação, saúde, saneamento básico e segurança etc.
Bem, para se fazer veridicamente uma boa análise antes de tudo devemos fazer uma boa e necessária averiguação dos objetivos a serem alcançados e desenvolvidos nas suas melhores hipóteses das qualidades de vidas das pessoas e somente si, todos e quaisquer promoções judiciais de caráter social estiverem em benefícios das leis e de todos. Portanto, é necessário considerarmos e especificarmos quais fontes de indicadores sociais e complexos que devemos considerá-las nas suas devidas  pesquisa dos fatos envolvidos em que nossa população está envolvida no momento. E em nosso país o instituto de geografia estatística ”IBGE”, é de fato um importante produtor de indicadores socioeconômicos fundamentais para nossas seguranças assim como tantos outros. È válido ressaltar também que alguns avanços são observados e melhorados principalmente desde os meados dos anos 90 em nosso país como á industria petroquímica, o esporte, a construção civil e naval e tantas outras, mas muitos indicadores permanecem sem melhoramentos de amparos e proteções principalmente os que estão ligados a saúde brasileira e a total segurança de nosso país que deixa muito a desejar. Sim! Sabemos que por intermédio do ministério da saúde vem aos anos oferecendo importantes coberturas e campanhas de vacinações para doenças como: _Poliomielite,  tuberculose e hanseníase e que de certa forma vem diminuindo até 75% a quantidade de crianças desnutridas em parcerias com outros órgãos de amparo e proteção as crianças “UNICEF”, até cinco anos de idade, fatores esses que levam a reflexão de cinco ou mais anos de vidas e fatos como esses nos levam á relação aproximadamente de 50% na mortalidade infantil no nosso país e que devemos comemorar.
Por outro lado, todos e quaisquer elaboração de projetos de caráter público vêem de fato contribuindo e desenvolvendo mais segurança para os povos brasileiros; afinal, sabemos que também existem em nosso país gestores que não são compromissados com o dever cumprido, ou seja, de zelar da nação da qual o elegeu e o colocou no poder para nos representar, mas por outro lado, sabemos que dentre todos os gestores atuantes no momento existem também de fato bons e responsáveis gestores que criam e elaboram projetos pensando somente nos mais necessitados e oprimidos ou seja bons gestores. Gestores que se empenham a desenvolver ações eficazes nas amenizações das situações problemas que seu município necessita no momento em prol de todos os envolvidos. Evidentemente, devemos nos soltar mais, abrir mais os nossos olhos e ao mesmo tempo aumentar os nossos passos de contribuições para que no futuro próximo tenhamos assim uma melhor qualidade de vida e de mais sustentabilidade de nosso país. Portanto, necessita-se que nos engajarmos mais e mais nessa árdua luta tarefa de nos protegermos mais, trabalhando mais, fiscalizando mais e participando mais de todos os projetos ações nas conquistas de novas mudanças políticas e econômicas de que nós brasileiros necessitamos com sentimento de conquistas, seguridades e principalmente avanços tecnológicos e sociais na arte de governar de forma coletiva e direta das ações.

TEXTO: Pedro Almeida Filho. (Em 25 de Junho de 2011, Tuntum Maranhão) 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário